terça-feira, 2 de junho de 2015

Mães de Bailarinos


por Dryelle Almeida



Mães, em geral, já possuem mil e uma funções para fazer ao mesmo tempo. Eu fico me perguntando, será que quando eu for mãe eu vou aprender a fazer tudo que a minha mãe sabe fazer?

Além da rotina normal de uma mãe, mães de bailarinos recebem outras funções como: costurar elástico e fitas nas sapatilhas; lavar e passar os uniformes, deixando-os sempre impecáveis; ensinar e muitas vezes, aprender a fazer coques; aprender a fazer maquiagem para palco, principalmente quando são mães de bailarinos pequenos; ajudar no controle da alimentação, para garantir que seu (ua) filho (a) não tenha distúrbios alimentares, nem fiquem acima do peso; atentar-se aos horários e obrigações do seu filho no ballet.

Acompanhar seus filhos. Sempre que puder ir junto aos festivais, espetáculos e apresentações. Quando entramos no palco, muitas vezes, nossa mãe é a primeira pessoa que a gente vê!

Entre tantas coisas, é válido dizer que como mãe você também pode atrapalhar em alguns momentos. Sabemos que quer o melhor para seus filhos, contudo é preciso cuidar para não achar que seu filho será o centro das atenções; estar ciente de que ele será tratado como os demais; não ficar querendo assistir todas as aulas o tempo todo (existe a apresentação que é o momento para verem o trabalho); não querer dar palpites no trabalho do professor e um dos mais importantes, que sempre acontece: não tentar realizar o seu sonho de ser bailarina no seu filho.

Uma vez mãe de bailarinos, nunca mais será uma mãe normal!

Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário