terça-feira, 21 de julho de 2015

Direita x Esquerda



Por Dryelle Almeida


Um dilema comum entre bailarinos: executar os movimentos tanto para direita quanto para esquerda com equilíbrio.

É como escrever, quando chegamos à escola descobrimos se somos canhotos ou destros, de acordo com a nossa coordenação com cada mão. Na dança não é diferente. Quase sempre teremos mais flexibilidade em uma das pernas e então uma perna mais alta que a outra, um colo de pé mais forte do que o outro, facilidade maior para girar para um lado, maior equilíbrio e eixo em cima de um ou outro pé.

Nem sempre o fato de ser canhoto para escrever significa que será melhor em tudo para a esquerda e vice-versa. Pode acontecer de escrever com uma mão e ter o outro pé mais forte, ou a outra perna mais alta.

Normalmente os alunos tendem a ter mais dificuldades com o lado esquerdo. Há também uma espécie de “bloqueio” que faz com que muitas pessoas já pensem que com a esquerda é mais difícil.

Quando temos dificuldade para fazer algo para um determinado lado a gente tende a parar de tentar, como se não fossemos mesmo conseguir.

Dica: Sempre treine para os dois lados, mesmo que os resultados de um lado sejam inferiores ao outro, pois você nunca sabe quando vai precisar dele.

Nos giros, por exemplo, quando a gente entende como faz para um lado vem o outro e confunde tudo! Às vezes acontece também de girar melhor para esquerda, mas porque a perna de apoio é a direita durante o giro.

O importante é buscar o equilíbrio e não abandonar seus lados fracos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário